LabClima
  • Pesquisadores do LabClima publicam artigo na última edição da revista portuguesa Territorium

    Publicado em 10/09/2020 às 15:20

    Disponível a versão completa do artigo intitulado: Reconstrução de dados e deteção de ondas de calor e de frio no Porto e concelhos vizinhos – Portugal. O manuscrito foi publicado na revista portuguesa Territorium e produzido pela seguinte equipe: Dr. Maikon Alves (UFSC), Dr. Rafael Brito Silveira (UFSC), Prof.ª Dr.ª Ana Monteiro (U.Porto), Dr. Daniel Pires Bitencourt (FUNDACENTRO) e Me. Carlos Miguel Sousa (U.Porto).

    O referido artigo é um dos frutos do período de intercâmbio realizado pelos membros do LabClima/UFSC na Universidade do Porto sob orientação da Prof.ª Dr.ª Ana Monteiro.

    A publicação pode ser consultada na íntegra através do website: https://impactum-journals.uc.pt/…/view/1647-7723_27-2_5/6645.


  • Defesa Pública de TCC – Karen Andressa Ramos

    Publicado em 28/07/2020 às 18:30

    Na próxima segunda-feira (03), às 14h, por meio de videoconferência (https://meet.jit.si/DefesaTCC), ocorrerá a defesa pública de TCC da graduanda Karen Andressa Ramos. A pesquisa é intitulada: A dendroclimatologia e sua contribuição aos estudos geográficos do clima.

    Karen é integrante do LabClima e orientanda do Prof. Dr. Lindberg Nascimento Júnior (GCN/UFSC). A banca será composta pelos membros a seguir: Prof. Dr. Orlando Ferreti (GCN/UFSC), Prof. Dr. Marcelo Callegari Scipioni (CCR/UFSC) e Dr. Rafael Brito Silveira (LabClima/UFSC).

    Mais detalhes no cartaz abaixo!


  • Defesa de Tese – Rafael Brito Silveira

    Publicado em 11/07/2020 às 17:06

    Na próxima sexta-feira (17), às 8h30min, o doutorando Rafael Brito Silveira realizará sua defesa de tese no Programa de Pós-Graduação em Geografia da UFSC por meio do link: https://meet.google.com/xar-yhnt-ihg. A banca será composta pelos seguintes membros: Prof. Dr. João A. Zavattini (orientador), Prof. Dr. Daniel P. Bitencourt (coorientador), Prof.ª Dr.ª Helena Ribeiro (USP), Prof.ª Dr.ª Simona Fratianni (Università degli Studi di Torino), Prof.ª Dr.ª Juliana Ramalho Barros (UFG) e Prof.ª Dr.ª Gisele Cristina Manfrini Fernandes (UFSC).

    A gravação da defesa está disponível em: https://youtu.be/uZtJTDG4cGQ.


  • Defesa de Tese – Maikon Passos Amilton Alves

    Publicado em 06/07/2020 às 20:07

    Na próxima quarta-feira (08), às 14h, o doutorando Maikon P. A. Alves realizará sua defesa de tese no Programa de Pós-Graduação em Geografia da UFSC por meio do link: https://meet.google.com/xar-yhnt-ihg. A banca será composta pelos seguintes membros: Prof. Dr. João Zavattini (orientador), Prof. Dr. Rosandro B. Minuzzi (coorientador), Prof. Dr. Alberto E. Franke (UFSC), Prof.ª Dr.ª Ana Monteiro (U.Porto), Prof. Dr. Emerson Galvani (USP) e Dr. Daniel Pires Bitencourt (FUNDACENTRO).

     


  • Ondas de calor e de frio no Brasil são tema de artigo publicado no International Journal of Climatology

    Publicado em 09/03/2020 às 11:08

    Disponível a versão completa do artigo publicado por Dr. Daniel P. Bitencourt (FUNDACENTRO), Prof.ª Dr.ª Márcia V. Fuentes (IFSC), Prof. Dr. Alberto E. Franke (LabClima/GCN/UFSC), Rafael Brito Silveira (LabClima/PPGG/UFSC) e Maikon P. A. Alves (LabClima/PPGG/UFSC) no International Journal of Climatology, intitulado: The climatology of cold and heat waves in Brazil from 1961 to 2016. Disponível em: https://rmets.onlinelibrary.wiley.com/doi/10.1002/joc.6345.

    O estudo analisou a a variabilidade temporal e espacial das ondas de calor (OdC) e das ondas de frio (OdF) a partir de dados diários de temperatura de 264 estações meteorológicas ao longo de 56 anos (1961-2016). Os seguintes parâmetros foram utilizados para analisar cada evento: frequência, duração, severidade e intensidade. Os resultados mostraram que, de modo geral, em todas as regiões brasileiras a frequência das OdC aumentou e a das OdF diminuiu no período investigado. O número de OdC por ano, notadamente, foi maior que o das OdF e a duração média dos extremos de calor foi cerca de um dia a mais do que os de frio. Além disso, verificou-se que as OdF são mais severas e intensas em áreas frequentemente atingidas por massas de ar frio, com temperaturas abaixo de zero na maior parte da região Sul. Em termos de severidade e intensidade das OdC, foram observadas duas configurações diferentes: são mais severas no Sul, mais intensas no Centro-Oeste e não tão expressivas nas regiões Norte e Nordeste. Os autores constataram ainda que, a região Sul é a área em que a maioria das estações meteorológicas não apresenta tendência estatística de aumento na frequência das OdC. Por outro lado, as outras regiões mostraram claramente uma tendência positiva para a frequência das OdC na maioria das estações meteorológicas. Esses achados justificam a necessidade de atualização contínua de políticas públicas voltadas para setores frequentemente afetados pelo frio e pelo calor.

     


  • Defesa Pública de Tese: Geograficidade – Risco e Desastres em Rio do Sul e Araranguá, Santa Catarina

    Publicado em 28/02/2020 às 9:58

    Na próxima segunda-feira (02), no Auditório do Bloco F do CFH/UFSC, em Florianópolis, ocorrerá a defesa pública de tese do doutorando Arnaldo de Araujo Ribeiro (LabClima/PPGG/UFSC).

    Arnaldo defenderá a tese intitulada: Geograficidade – Risco e Desastres em Rio do Sul e Araranguá, Santa Catarina, sob orientação da Prof.ª Dr.ª Rosemy da Silva Nascimento (PPGG/UFSC). A banca avaliadora será composta por: Prof. Dr. Hugo Romero (UChile), Prof. Dr. Cássio Arthur Wollmann (UFSM), Prof. Dr. João Lima Sant’anna Neto (UNESP) e Prof. Dr. Lindberg Nascimento Jr. (UFSC).

    Confira o cartaz de divulgação!


  • Defesa Pública: Ciclone subtropical Eçaí é tema de TCC

    Publicado em 17/02/2020 às 19:29

    Na próxima quarta-feira (19), às 18h30min, nas dependências do LabClima/UFSC – Florianópolis, ocorrerá a defesa pública de TCC do acadêmico Luigi Selmo.

    A pesquisa trata dos impactos socioambientais provocados pelo ciclone subtropical Eçaí, que atingiu Florianópolis em dezembro de 2016.

    Luigi é membro do LabClima e orientando do Prof. Dr. Alberto E. Franke. A banca será composta pelos doutorandos Maikon Passos Amilton Alves e Rafael Brito Silveira, ambos do PPGG/UFSC.

    Mais detalhes no cartaz abaixo!


  • I Encontro da Rede Clima Sul

    Publicado em 21/11/2019 às 14:23

    No dia 10 de dezembro de 2019 irá ocorrer nas dependências do LaboClima/UFPR um evento destinado a reunir professores e pesquisadores vinculados às instituições de ensino superior da região Sul do Brasil e que desenvolvam estudos na área de Climatologia com enfoque geográfico.

    I Encontro da Rede Clima Sul tem o intuito de reunir profissionais de instituições/universidades paranaenses, catarinenses e sul-rio-grandenses na área da Climatologia Geográfica e terá como foco a apresentação de conhecimentos científicos e a construção de uma proposta documentada e concreta de criação de uma Rede de Pesquisadores da Região Sul do Brasil, além do planejamento e organização de novas propostas colaborativas entre os envolvidos no âmbito do Ensino, Pesquisa e Extensão da Climatologia na porção Sul do país.

    Aproveitamos e estendemos o convite a todos os interessados em participar do Evento e contribuir para a criação da Rede de Pesquisadores e o fortalecimento da Climatologia Geográfica. Do mesmo modo, solicitamos a todos a divulgação do I Encontro da Rede Clima Sul.

    A Programação Geral envolve um dia de atividades, com foco no período da manhã (Workshop da Rede Clima Sul). A princípio, as atividades encontram-se sistematizadas e descritas a seguir:

    8:00 – 8:30: Credenciamento e Recepção dos Participantes;
    8:30 – 9:00: Sessão de Abertura do Evento;
    9:00 – 12:30: Workshop da Rede Clima Sul;
    12:30 – 14:00: Almoço;
    14:00 – 17:00: Período destinado à elaboração dos documentos/propostas;
    17:30 – 18:00: Encerramento do Evento.

    Com informações de: Laboclima/UFPR.

     


  • Impactos causados pelo excesso de precipitação pluvial em janeiro de 2018 na Ilha de Santa Catarina – TCC defendido

    Publicado em 14/11/2019 às 18:22

    Hoje (14) pela manhã, nas dependências do LabClima – UFSC, a graduanda Martha Livramento Dellagnelo realizou sua defesa de TCC, obtendo nota máxima. A banca foi composta por: Prof. Dr. Lindberg Júnior (GCN/UFSC) e Msc. Maikon Alves (PPGG/UFSC). Além destes, seu orientador Prof. Dr. Alberto E. Franke (GCN/UFSC) também participou da defesa.

    A pesquisa intitulada “Impactos causados pelo excesso de precipitação pluvial em janeiro de 2018 na Ilha de Santa Catarina” apresenta uma análise das chuvas intensas ocorridas naquela ocasião, evento que registrou recordes de precipitação na porção insular de Florianópolis e consideráveis danos e prejuízos para a população e para os cofres públicos.

    Para saber mais acesse: http://www.labclima.ufsc.br/trabalhos/.

    Parabéns, Martha. Os integrantes do LabClima te parabenizam pela conquista. Em breve o TCC estará disponível para consulta on-line.


  • Revista Physis Terrae v.1 – participação de integrantes do LabClima/UFSC

    Publicado em 30/10/2019 às 16:51

    Disponível a versão completa do artigo publicado por Rafael Brito Silveira (LabClima/PPGG/UFSC), Maikon P. A. Alves (LabClima/PPGG/UFSC), Carlos Miguel Sousa (IGUP/UPorto), Paula Gonçalves (IGUP/UPorto), Prof.ª Dr.ª Ana Monteiro (CEGOT/FLUP/UPorto) e Prof. Dr. Alberto E. Franke (LabClima/GCN/UFSC), na Revista Physis Terrae, intitulado: A DPOC na Área Metropolitana do Porto e o efeito das ondas de calor e de frio na enfermidade. Link: https://revistas.uminho.pt/index.php/physisterrae/…/view/325.

    O artigo é uma das produções realizadas pelos doutorandos Maikon e Rafael durante o período de intercâmbio obtido no Departamento de Geografia e no Instituo Geofísico da Universidade do Porto – Portugal, sob orientação da Prof.ª Dr.ª Ana Monteiro.

    O convite para publicar no volume 1 da revista foi feito à Prof.ª Monteiro que, gentilmente, estendeu a possibilidade aos integrantes do LabClima.

    Este novo periódico constitui-se como um veículo internacional de publicação, destinado à divulgação de trabalhos de excelência no âmbito das diferentes áreas da Geografia Física, especialmente na sua vertente mais aplicada aos estudos Ambientais. Com esta revista, cria-se um espaço privilegiado de aproximação entre pesquisadores Ibero-Afro-Americanos, com a finalidade de divulgação das pesquisas e reflexões do mais alto nível científico, realizadas especialmente dentro dos Centros de Investigação, Laboratórios de Pesquisa e Programas de Pós-Graduação de universidades ibéricas, africanas e latino-americanas. Para saber mais sobre a revista acesse: https://revistas.uminho.pt/index.php/physisterrae/about.